sábado, 8 de agosto de 2015

FILHO, VOCÊ JÁ PENSOU... Lucas 15:11-32

http://hypescience.com/wp-content/uploads/2012/06/
Lucas 15:11-32

Jesus continuou: "Um homem tinha dois filhos.
O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles.
"Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente.
Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade.
Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos.
Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.
"Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome!
Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti.
Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados’.
A seguir, levantou-se e foi para seu pai. "Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou.
"O filho lhe disse: ‘Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho’.
"Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés.
Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e comemorar.
Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’. E começaram a festejar.
"Enquanto isso, o filho mais velho estava no campo. Quando se aproximou da casa, ouviu a música e a dança.
Então chamou um dos servos e perguntou-lhe o que estava acontecendo.
Este lhe respondeu: ‘Seu irmão voltou, e seu pai matou o novilho gordo, porque o recebeu de volta são e salvo’.
"O filho mais velho encheu-se de ira, e não quis entrar. Então seu pai saiu e insistiu com ele.
Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos.
Mas quando volta para casa esse seu filho, que esbanjou os teus bens com as prostitutas, matas o novilho gordo para ele! ’
"Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu.
Mas nós tínhamos que comemorar e alegrar-nos, porque este seu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado’ ".

1 - ERA UM PAI JUSTO

1.    Havia uma abertura na lei “romana” que permitia o filho receber sua parte na herança estando o pai ainda vivo.

2.    Ao mais velho cabia dois terços e ao mais moço um terço.

3.    Com certeza dar aquele dinheiro para o filho não foi algo que agradou o pai. ELE CONHECIA O CARÁTER DE SEU FILHO E SABIA O QUE AQUELE DINHEIRO CAUSARIA A ELE.

4.    Mas o que chama a atenção é o egoísmo e a arrogância do mais moço.

5.    Arrogância era porque a Lei dizia que o pai é quem decidia se deveria dar a herança ainda em vida. NESSE CASO VEMOS QUE FOI O FILHO MAIS MOÇO QUEM PEDIU, EM FRANÇA AFRONTA A AUTORIDADE DO PAI. v. 12a O mais novo disse ao seu pai: ‘Pai, quero a minha parte da herança’.

6.    Egoísmos porque o filho não quis saber como seu pai ficaria estando ele longe, aventurando-se em uma terra inóspita. v. 13 Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seus bens vivendo irresponsavelmente. (Como os pais vêem um filho numa situação dessas???)

·         você que é filho, já pensou o quanto às vezes você é arrogante, afrontado seus pais, roubando-lhes o lugar de autoridade que lhes é de direito?

·         você que é filho, já pensou o quanto às vezes é egoísta, não querendo saber como suas decisões afetará seus pais? (Filhos incosequentes, que só pensam no aqui e agora)

7.    Mesmo diante disso o pai foi justo: Entregou-lhe a parte que lhe cabia, mas também deu a parte de seu irmão. v. 12b Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles.

·         Você que é filho já parou para pensar no quanto seus pais são justos com você?

·         Como às vezes eles, mesmo não concordando com sua decisão, acabam cedendo a ela?

2      - ERA UM PAI AMOROSO

1.    Quando o filho retorna, ao que tudo indica o pai estava no terraço a espera do filho. NÃO SE SABE QUANTO TEMPO O FILHO FICOU LONGE, MAS O PAI O ESPERAVA. v. 20 Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para seu filho, e o abraçou e beijou.

·         Você que é filho, já parou para pensar no quanto seus pais esperam por você?

·         Você que é filho, já parou para pensar que mesmo diante de tudo o que você faz, seus pais te amam?

2.    Quando o filho reconhece seus pecados, o pai tinha todo o direito de passar na cara tudo o que ele fez. MAS AO INVÉS DISSO, APENAS O AMA.VS 21, 22 O filho lhe disse: ‘Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho’.
"Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés.

·         Você que é filho, já parou para pensar no quanto seus pais poderiam passar em rosto todos seus erros, mas ao invés disso expressa amor e carinho?

3.    Vendo a situação do filho, o pai lhe providencia roupas e lhe devolve o anel de autoridade. v. 22 Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés.

·         Você que é filho, já parou para pensar nas coisas que seus pais  providenciam para o seu conforto e bem-estar? "Qual de vocês, se seu filho pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se pedir peixe, lhe dará uma cobra? Mateus 7:9,10

4.    O pai tinha um novilho sevado a esperado filho. ISSO MOSTRA QUE MESMO O FILHO LONGE, O PAI ACREDITAVA EM SEU RETORNO. V. 23 Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e comemorar. (Ele não pediu qualquer novilho, pediu um que estava reservado)

·         Você que é filho, já pensou no quanto seus pais acreditam em você?

·         Você que é filho, já parou para pensar no quanto seus pais se alegram com seus acertos? MAS VOCÊ JÁ SE ALEGROU ALGUMA VEZ COM SEUS PAZ

3      - ERA UM PAI APAZIGUADOR

1.    Diante da recepção calorosa que o filho mais moço recebeu, o mais velho revoltou-se. v. 28 O filho mais velho encheu-se de ira, e não quis entrar. Então seu pai saiu e insistiu com ele.

·         Você que é filho, já parou para pensar que mesmo diante de sua revolta (sem causa), seus pais sempre procuram o melhor para você? COMO VOCÊ RECEBE ISSO???

2.    O filho mais velho usou todo o argumento que possui para protestar contra seu irmão. Vs. 29,30 Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos. Mas quando volta para casa esse seu filho, que esbanjou os teus bens com as prostitutas, matas o novilho gordo para ele! ’

·         É muito interessante como os filhos muitas vezes são tão egoístas que não conseguem ver a restauração que Deus está operando em sua família… SÓ QUEREM SABER DE SI MESMOS…

·         Você que é filho já parou para pensar que muitas vezes é você quem é o empecilho da restauração que Deus quer fazer em sua família?

3.    Diante daquela crise familiar, o pai tentar apaziguar os ânimos. v. 31,32 "Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu. Mas nós tínhamos que comemorar e alegrar-nos, porque este seu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado’ ".

·         O QUE ACONTECERIA SE O PAI ACATASSE AQUELA PROTESTO? HAVERIA DESARMONIA FAMILIAR!

·         Você que é filho já parou para pesar o quanto seus pais lutam para manter a paz no seio da família??? QUAL TEM SIDO SUA PARTE NESSA LUTA = VOCÊ FAZ PARTE DO PROBLEMA OU DA SOLUÇÃO???

CONCLUSÃO

  1. Chegou o tempo dos filhos só olharem para si

  1. Chegou o tempo dos filhos parar para pensar no que seus pais tem feito por eles

  1. Chegou o tempo dos filhos reconhecerem que sem seus pais, eles não seriam quem são.

  1. Chegou o tempo dos filhos pararem de ser PARTE DO PROBLEMA E SER A SOLUÇÃO.

  1. é grato dias de Deus que os filhos honrem seus pais e lhes recompensem por todo bem que lhes têm feito.

  1. Neste dia especial, filho, você já pensou...

 Pastor Ricardo Castro
Igreja Bíblica Vida Eterna (IBVE)
(83) 9 8820-2712
(83) 3238-2778
ricardo.castro828@gmail.com
Compartilhar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI

CONHEÇA OS LIVROS DO PR. RICARDO CASTRO

TRANSLATE

FAÇA UMA DOAÇÃO

FAÇA UMA DOAÇÃO

FAÇA UMA DOAÇÃO COM PAGSEGURO

Seguidores

Total de visualizações

ONLINE AGORA

Tecnologia do Blogger.

Pastor Ricardo Castro

Minha foto
João Pessoa, Paraíba, Brazil
Pastor Fundador da Igreja Bíblica Vida Eterna (IBVE) na cidade de João Pessoa/PB. Músico, escritor e Teólogo, Casado com a Missionária Sulamita Castro e Pai de Nathan Castro e Ricardo Castro Jr (Ambos Músicos). Tocou em diversas bandas gospel (Aliança, Força e Louvor, Exodus, Mount Hermon, Plena Virtude). Hoje é Produtor e Maneger da Banda Gospel Pacto 7, a qual seus filhos fazem parte. Contato: Email: ricardo.castro828@gmail.com -Fones: (83) 98820-2712 *** (83) 3238-2712

BAIXE ESTE LIVRO AGORA

PEDIDO DE ORAÇÃO

Nome

E-mail *

Mensagem *

CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSA IGREJA

SIGA-NOS POR EMAIL

PRA. SULAMITA & PR. RICARDO CASTRO

PRA. SULAMITA & PR. RICARDO CASTRO

POSTAGENS

NOTÍCIAS GOSPEL

SLIDE SHOW

PastorRicardo_Castro_Ibve's  album on Photobucket

CONHEÇA MEU LIVRO