terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

O CARNAVAL E O SINCRETISMO RELIGIOSO

No ano 312 D.C. o Imperador Romano Constantino fez um decreto que a primeira vista parecia ser a maior bênção já impetrada sobre o cristianismo. O decreto foi de que o cristianismo seria a religião oficial do Império. E então, de religião perseguida o cristianismo passou a ser a religião principal do império que a perseguia. 
Contudo, tudo não passou de mais um ardil do diabo sobre os servos de Deus. Pois o que ocorreu depois foi que qualquer um que quisesse regalias do imperador declarava ser cristão era batizado. Com isso surgiu um cristianismo nominal e sincrético, que misturava em seu bojo práticas cristãs com o paganismo. Daí a humanidade viu surgir um cristianismo híbrido que deu origem a Igreja Católica Apostólica Romana.
O que foi relatado acima pode chocar alguns, porém essa história não é nada diferente do que estamos vendo em nossos dias. Estamos vendo a história se repetir. Em todas as partes do planeta vimos paulatinamente o surgimento do sincretismo religioso em nosso meio, que consequentemente trouxe consigo o hedonismo e a libertinagem de tal forma que não temos mais noção da diferença entre o santo e o profano. O conceito de pecado foi reduzido apenas a uma falha que pode ser corrigida com bons hábitos.
Como exemplo do que estamos falando podemos citar que neste período de carnaval, que em tempos idos era considerado como a manifestação da promiscuidade e perversidade do pecado humano, agora vemos blocos carnavalescos gospel e celebridades evangélicas fazendo orações por músicos e foliões. 
A estrela gospel Carla Perez que professou sua fé em programas de tv, foi uma das protagonistas desse espetáculo bizarro. Há vídeos na internet que a exibem no sambodromo, antes de sua apresentação carnavalesca, orando por seus músicos e ministrando-lhes uma suposta unção que não sabemos de onde vem.
Mas o circo dos horrores não para por aí. Cantores de renome como Fernanda Brum, que recentemente inaugurou sua "Escola de Jejum" que custa a bagatela de R$ 50,00 por aula, também protagonizou o show do horror quando em meio a sua apresentação no Bloco gospel disse que os brasileiros vão para o céu sambando.
Realmente esses expressões absurdas deveriam ser casos isolados de pessoas incautas que ainda não assimilaram a realidade do Evangelho da Cruz. Porém, dentro das igrejas muitos outros espetáculos do ridículo os superam. Em muitos cultos vemos pessoas cultuando o fogo. Certa igreja tem o costume em seus cultos de acender uma pira metálica com fogo e a pastora sai perambulando entre os assistentes do culto ministrando-lhes a fumaça que sai da pira, assim como fazem os padres católicos. A única diferença é que ela alega que é "tomada" pelo Espírito Santo. Outra igreja tem o costume de instalar uma piscina plástica fazer com que as pessoas mergulhem nelas, assim como o General Naamã mergulhou nas águas do rio Jordão.
A lista de desvario teológico é muito extensa e nosso espaço limitado não nos permite descriminar uma a uma as práticas bizarras de nossos dias. Mas podemos citar os famosos patuás gospel (rosa ungida, sal grosso, óleo de israel, etc), os cultos à personalidades gospel, a fanerose e extases espirituais, e tantos outras "novidades" gospel que chegamos até a ficar sem fôlego.
Mas, somado a toda essa bizarrice está o liberalismo que gera a libertinagem. A Bíblia alerta que "não havendo profecia (ensino Bíblico correto) o povo se corrompe" (Provérbios 29:18). E uma vez que dos púlpitos não se ensina mais o verdadeiro Evangelho, mas palavras de auto-ajuda e entretenimento, o povo está corrompido e desviado. Por causa disso, podemos ver que boa parte da culpa de nossa geração ser tão rasa em seu relacionamento com o Senhor é dos pastores e líderes que têm descuidado do alimento sadio do rebanho. As pessoas hoje não tem mais o temor do Senhor em seus corações porque os pastores não lhes ministra a gravidade e o respeito que é digno do Senhor, porque eles mesmos O têm desprezado.
Entretanto, ainda existe um remanescente fiel. Homens e mulheres de Deus a exemplo do profeta João Batista não tem medo da morte por condenar o pecado e ensinar a Palavra de Deus. E é à esse remanescente que agora dirijo minhas palavras. Que não temamos o rugir do leão em face do nosso ministério. Que alcemos nossas vozes proféticas e denunciemos as falácias malignas que se tornaram em fortalezas nas mentes cauterizadas daqueles que se dizem cristãos. Que cuidemos bem das ovelhas do rebanho que o Senhor colocou ao nosso cuidado. E que como bons pastores possamos dar nossas vidas em favor das ovelhas. O Evangelho não precisa de inovações ou conceitos revolucionários. Precisa de homens e mulheres comprometidos com o Senhor e Sua Mensagem.

Pastor Ricardo Castro
Igreja Bíblica Vida Eterna (IBVE)
(83) 98820-2712
(83)   3238-2778 
Compartilhar:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO AQUI

CONHEÇA OS LIVROS DO PR. RICARDO CASTRO

TRANSLATE

HELP US

HELP US

Seguidores

Total de visualizações

ONLINE AGORA

Tecnologia do Blogger.

Pastor Ricardo Castro

Minha foto
João Pessoa, Paraíba, Brazil
Pastor Fundador da Igreja Bíblica Vida Eterna (IBVE) na cidade de João Pessoa/PB. Músico, escritor e Teólogo, Casado com a Missionária Sulamita Castro e Pai de Nathan Castro e Ricardo Castro Jr (Ambos Músicos). Tocou em diversas bandas gospel (Aliança, Força e Louvor, Exodus, Mount Hermon, Plena Virtude). Hoje é Produtor e Maneger da Banda Gospel Pacto 7, a qual seus filhos fazem parte. Contato: Email: ricardo.castro828@gmail.com -Fones: (83) 98820-2712 *** (83) 3238-2712

BAIXE ESTE LIVRO AGORA

PEDIDO DE ORAÇÃO

Nome

E-mail *

Mensagem *

CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSA IGREJA

SIGA-NOS POR EMAIL

PRA. SULAMITA & PR. RICARDO CASTRO

PRA. SULAMITA & PR. RICARDO CASTRO

POSTAGENS

NOTÍCIAS GOSPEL

SLIDE SHOW

PastorRicardo_Castro_Ibve's  album on Photobucket

CONHEÇA MEU LIVRO